Pandemia, o que estamos enfrentando atualmente ?

As interações com notícias digitais, impressa ou até mesmo sociais nos últimos dias, nos fornecem informações em grande escalada a todo momento, sobre a pandemia que estamos enfrentando atualmente.

O começo do ano de 2020 veio acompanhado de um acontecimento epidêmico, a tão falada pandemia nas últimas semanas, sendo ela uma doença infecciosa que se espalha entre a população localizada em uma grande região geográfica como um continente, ou mesmo o Planeta Terra.

A Organização Mundial da Saúde, informa que uma pandemia pode começar quando se reúnem estas três condições: O aparecimento de uma nova doença na população; o agente infecta humanos, causando uma doença séria; o agente espalha-se fácil e sustentavelmente entre humanos. Considera-se pandemia, as doenças de caráter infeccioso.

O COVID-19 é uma doença infeciosa causada pelo coronavírus da síndrome respiratória aguda grave 2 que é tido como a pandemia, que tem se espalhado por diversos países no mundo. Os primeiros casos suspeitos foram notificados em 31 de dezembro de 2019. Desde então o vírus tem provocado grande alarme em meio a população.

O ministério da saúde revelou algumas informações importantes sobre a doença. O que você precisa saber sobre o Coronavírus:

Período de incubação do coronavírus: Período de incubação é o tempo que leva para os primeiros sintomas aparecerem desde a infecção por coronavírus, que pode ser de 2 a 14 dias.Período de transmissibilidade do coronavírus: De uma forma geral, a transmissão viral ocorre apenas enquanto persistirem os sintomas. É possível a transmissão viral após a resolução dos sintomas, mas a duração do período de transmissibilidade é desconhecida para o coronavírus.

Quais são os sintomas do coronavírus? Os sinais e sintomas do coronavírus são principalmente respiratórios, semelhantes a um resfriado. Podem, também, causar infecção do trato respiratório inferior, como as pneumonias. Os principais são sintomas conhecidos até o momento são: febre, tosse, dificuldade para respirar.

A transmissão dos coronavírus: Costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como: gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Os cuidados são indispensáveis a todos, para que haja uma atenção absoluta aos métodos preventivos, a fim de evitar uma propagação ainda maior do vírus, mas vale ressaltar aos grupos de riscos especialmente, o quanto é importante que sigam as orientações. Grupo de risco: Idosos, as pessoas que fumam ou que têm doenças crônicas como diabetes e hipertensão, pessoas com insuficiência cardíaca, insuficiência renal, pacientes que receberam transplante de órgãos, doenças que comprometam o sistema imunológico, aos que estão em tratamento de câncer ou que convivam com HIV.

Tenha cuidado para não propagar informações falsas, temos que estar em constante alerta e acompanhar apenas fontes confiáveis. Faça sua parte para que diminua o risco de contaminação por coronavírus. Preserve sua saúde física e mental, tenha os devidos cuidados e siga as orientações dos órgãos de saúde.

Sobre procurar um pronto socorro, entenda o momento certo para isso. Caso você esteja com febre, mal-estar, cansaço e tosse, possivelmente você pensará em procurar atendimento médico para identificar se é gripe ou coronavírus, porém o Ministério da Saúde e a Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) recomendam que só deve ir ao hospital quem estiver se sentindo muito mal, com sintomas mais graves como dificuldade para respirar e febre alta (a partir de 39°C). A medida aconselhada serve para evitar que a pessoa sobrecarregue o sistema de saúde de maneira desordenada e que ela contamine ou seja contaminado por coronavírus.
Cuide-se!

 

Confira também:

5 Dicas para você que está fazendo home office durante a quarentena

Agora você pode ter uma especialização em Goiânia ou na sua cidade, faça uma Pós Graduação EAD ou Presencial. Clique no botão abaixo para conhecer os nossos cursos e tenha uma Pós Graduação em saúde.